Kelvin em Celsius

Calculadora de conversão de Kelvin em Celsius

0K = -273.15°C

Celsius em Kelvin (Trocar unidades)

0K = -273.15°C

Precisão

Observação: Você pode aumentar ou diminuir a precisão desta resposta selecionando o número de casas decimais significativas necessário nas opções acima do resultado.

Cálculo de Kelvin para Celsius (K para °C)

Celsius = Kelvin - 273.15

Celsius = 0 - 273.15

Celsius = -273.15

 

Fórmula de conversão de Kelvin para Celsius (K para ℃)

Celsius = Kelvin - 273.15

Como faço para converter de Kelvin para Celsius?

Converter de Kelvin para Celsius é um processo direto que envolve subtrair 273,15 da temperatura dada em Kelvin. A escala Kelvin é uma escala de temperatura absoluta, onde 0 Kelvin (K) representa o zero absoluto, o ponto em que todo movimento molecular cessa. Por outro lado, a escala Celsius é uma escala de temperatura relativa, onde 0 graus Celsius (°C) representa o ponto de congelamento da água e 100 graus Celsius representa o ponto de ebulição da água à pressão atmosférica padrão.

Para converter uma temperatura de Kelvin para Celsius, basta subtrair 273,15 da temperatura em Kelvin fornecida. Por exemplo, se tivermos uma temperatura de 300 Kelvin, a conversão seria a seguinte: 300 K - 273,15 = 26,85 °C.

Portanto, uma temperatura de 300 Kelvin é equivalente a 26,85 graus Celsius. É importante notar que a escala Kelvin é frequentemente usada em aplicações científicas e de engenharia, onde são necessárias medições de temperatura absoluta. A escala Celsius, por outro lado, é comumente usada no dia a dia e nas previsões do tempo. Compreender como converter entre essas duas escalas é essencial para medições e comparações precisas de temperatura.

Por que converter de Kelvin para Celsius?

Converter de Kelvin para Celsius é uma prática comum no campo da ciência e engenharia. Embora tanto o Kelvin quanto o Celsius sejam escalas de temperatura, eles têm pontos de partida diferentes e unidades de medida. A escala Kelvin é uma escala de temperatura absoluta, onde zero Kelvin (0 K) representa o zero absoluto, o ponto em que todo movimento molecular cessa. Por outro lado, a escala Celsius é uma escala de temperatura relativa, onde zero graus Celsius (0 °C) representa o ponto de congelamento da água.

Converter de Kelvin para Celsius é útil por várias razões. Em primeiro lugar, a escala Celsius é mais comumente usada no dia a dia e em muitas aplicações científicas. Ao converter temperaturas de Kelvin para Celsius, torna-se mais fácil relacioná-las a faixas de temperatura familiares e entender suas implicações práticas. Além disso, muitas fórmulas e equações científicas são baseadas na escala Celsius, tornando necessário converter temperaturas de Kelvin para Celsius para cálculos precisos. Além disso, converter de Kelvin para Celsius permite uma comparação e análise mais fácil dos dados de temperatura, pois se alinha com a escala de temperatura comumente usada em previsões do tempo, estudos climáticos e outras pesquisas científicas. Em geral, converter de Kelvin para Celsius é essencial para praticidade, compatibilidade e melhor compreensão das medições de temperatura.

Sobre Celsius

Celsius e Kelvin são duas escalas de temperatura comumente usadas no campo da ciência e na vida cotidiana. A escala Celsius, também conhecida como escala centígrada, é nomeada em homenagem ao astrônomo sueco Anders Celsius. Ela é baseada no conceito de dividir a faixa entre os pontos de congelamento e ebulição da água em 100 intervalos iguais. O ponto de congelamento da água é definido como 0 graus Celsius, enquanto o ponto de ebulição é definido como 100 graus Celsius à pressão atmosférica padrão.

A escala Celsius é comumente usada em previsões do tempo, termômetros domésticos e culinária, enquanto a escala Kelvin é principalmente usada em experimentos científicos, termodinâmica e cálculos envolvendo gases.

Sobre Kelvin

Kelvin, também conhecido como escala Kelvin, é uma unidade de medida para temperatura no Sistema Internacional de Unidades (SI). É nomeado em homenagem ao físico escocês William Thomson, 1º Barão Kelvin, que fez contribuições significativas para o campo da termodinâmica. A escala Kelvin é baseada no ponto zero absoluto, que é a temperatura mais baixa possível onde todo movimento molecular cessa.

Ao contrário da maioria das outras escalas de temperatura, o Kelvin não utiliza graus. Em vez disso, ele mede a temperatura em kelvins (K). A escala Kelvin é frequentemente utilizada em aplicações científicas e de engenharia, especialmente em áreas como física, química e meteorologia. Ela é considerada uma escala de temperatura absoluta porque começa a partir do zero absoluto, que é equivalente a -273,15 graus Celsius ou -459,67 graus Fahrenheit.

Uma das principais vantagens da escala Kelvin é que ela permite medições precisas e consistentes de temperatura. É particularmente útil em pesquisas científicas e cálculos envolvendo gases, pois está diretamente relacionada à energia cinética das moléculas. Além disso, a escala Kelvin é usada em muitas fórmulas e equações científicas, tornando-se uma ferramenta essencial para cientistas e engenheiros em todo o mundo.

O que acontece no zero absoluto (0K)?

No zero absoluto, também conhecido como 0 Kelvin (0K) ou -273,15 graus Celsius, a temperatura está no seu ponto mais baixo possível. Nessa temperatura extrema, a energia cinética dos átomos e moléculas atinge o mínimo, fazendo com que eles parem completamente. Como resultado, todo movimento molecular cessa e a matéria fica o mais parada possível.

Nessa temperatura, ocorrem vários fenômenos fascinantes. Um dos mais notáveis é a completa ausência de energia térmica. Como não há movimento molecular, não há transferência de calor de um objeto para outro. Essa ausência de energia térmica tem implicações significativas para várias propriedades físicas. Por exemplo, os materiais se tornam extremamente frágeis e sua resistência elétrica cai para zero. Além disso, os gases se condensam em líquidos e os líquidos se solidificam, já que a falta de movimento molecular impede que eles mantenham seu estado fluido.

Cientistas nunca foram capazes de alcançar o zero absoluto na prática, pois é um conceito idealizado. No entanto, ao resfriar substâncias a temperaturas extremamente baixas, eles têm sido capazes de observar e estudar os efeitos de se aproximar do zero absoluto. Esses experimentos têm fornecido insights valiosos sobre o comportamento da matéria e levaram ao desenvolvimento de tecnologias como supercondutores e condensados de Bose-Einstein.

Por que você não pode ir abaixo de -273.15°C?

A temperatura de -273,15°C, também conhecida como zero absoluto, é a temperatura mais baixa possível que pode ser alcançada no universo. É o ponto em que todo movimento molecular cessa e não é teoricamente possível uma diminuição adicional na temperatura. Nessa temperatura, a energia cinética das partículas atinge seu mínimo e elas param completamente.

O conceito de zero absoluto é baseado na escala Kelvin, que é uma escala de temperatura absoluta. Ao contrário das escalas Celsius ou Fahrenheit, a escala Kelvin começa a partir do zero absoluto como seu ponto zero. Na escala Kelvin, o zero absoluto é definido como 0 Kelvin (0K). Essa escala é usada em aplicações científicas e de engenharia onde medições precisas de temperatura são necessárias.

Ir abaixo de -273,15°C ou 0K não é possível porque viola as leis da termodinâmica. À medida que a temperatura diminui, a energia das partículas diminui e elas perdem sua capacidade de se mover. No zero absoluto, as partículas não possuem mais energia para ceder, e qualquer diminuição adicional na temperatura exigiria que elas possuíssem energia negativa, o que não é fisicamente possível. Portanto, -273,15°C ou 0K representa o limite inferior de temperatura em nosso universo.

Por que não é possível obter um valor negativo em Kelvin?

Kelvin é a unidade de medida para temperatura no Sistema Internacional de Unidades (SI). É uma escala de temperatura absoluta, o que significa que começa no zero absoluto, que é a temperatura mais baixa possível. O zero absoluto é definido como 0 Kelvin (K) ou -273,15 graus Celsius (°C). A escala Kelvin é baseada no comportamento dos gases, onde a temperatura é diretamente proporcional à energia cinética média das partículas.

A razão pela qual você não pode ter um valor negativo em Kelvin está enraizada no conceito de temperatura em si. A temperatura é uma medida da energia térmica de um sistema e representa a direção na qual o calor flui. No zero absoluto, as partículas em um sistema têm a energia mínima possível e estão em seu estado de movimento mais baixo possível. Como resultado, não há nível de energia mais baixo para alcançar e não é fisicamente possível para um sistema ter menos energia do que o zero absoluto.

Em essência, valores negativos de Kelvin implicariam que um sistema tem menos do que zero energia térmica, o que contradiz os princípios fundamentais da termodinâmica. Portanto, a escala Kelvin não se estende a valores negativos. É importante observar que temperaturas negativas existem em outras escalas de temperatura, como as escalas Celsius e Fahrenheit, mas essas escalas não são absolutas e não representam as mesmas propriedades físicas que a escala Kelvin.

Por que Kelvin é citado como K e não °K?

Esta escolha de abreviação é baseada no fato de que Kelvin é uma escala de temperatura absoluta, onde zero Kelvin (0 K) representa o zero absoluto, o ponto em que todo movimento molecular cessa. Ao contrário das escalas Celsius e Fahrenheit, que têm pontos zero arbitrários, a escala Kelvin é baseada na temperatura termodinâmica absoluta.

Ao omitir o símbolo de grau, enfatiza-se que o Kelvin não é um grau, mas uma unidade de medida por si só, representando a magnitude da temperatura em relação ao zero absoluto. O uso de "K" em vez de "°K" para Kelvin é resultado da convenção do SI de reservar o símbolo de grau para escalas de temperatura relativas. Essa distinção destaca a natureza absoluta da escala Kelvin e sua referência ao zero absoluto.

 

Tabela de Kelvin para Celsius

Valor inicial
Incremento
Precisão
Formato
Kelvin
0
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Celsius
-273.15°C
-272.15°C
-271.15°C
-270.15°C
-269.15°C
-268.15°C
-267.15°C
-266.15°C
-265.15°C
-264.15°C
Kelvin
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
Celsius
-263.15°C
-262.15°C
-261.15°C
-260.15°C
-259.15°C
-258.15°C
-257.15°C
-256.15°C
-255.15°C
-254.15°C
Kelvin
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
Celsius
-253.15°C
-252.15°C
-251.15°C
-250.15°C
-249.15°C
-248.15°C
-247.15°C
-246.15°C
-245.15°C
-244.15°C
Kelvin
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
Celsius
-243.15°C
-242.15°C
-241.15°C
-240.15°C
-239.15°C
-238.15°C
-237.15°C
-236.15°C
-235.15°C
-234.15°C
; ; ;