Conversão de Milímetros

Selecionar a unidade para a qual deseja converter

Milímetros

Abreviação/Símbolo:

mm

mil (abreviação em inglês de milímetro no uso informal)

Unidade de:

Comprimento

Uso mundial:

O milímetro, como parte do sistema métrico, é usado como uma medida de comprimento em todo o mundo. A exceção mais notável são os Estados Unidos, onde o sistema imperial ainda é utilizado na maioria dos casos.

Em engenharia e manufatura, milímetros são cruciais para medições precisas e exatidão dimensional. Eles são usados para determinar o tamanho e especificações de componentes, garantindo um ajuste e funcionalidade adequados. Na construção, milímetros são usados para medir distâncias, espessuras e dimensões de vários materiais de construção, permitindo um planejamento preciso e execução de projetos. Além disso, os milímetros são extensivamente usados em pesquisas científicas, particularmente em campos como física, química e biologia, onde medições precisas são essenciais para a realização de experimentos e análise de dados.

A adoção global de milímetros como uma unidade padrão de medida promove consistência e facilita a colaboração internacional. Elimina a confusão e inconsistências que podem surgir do uso de diferentes sistemas de medição, permitindo uma comunicação e troca de informações sem problemas entre profissionais de diferentes países. Além disso, o uso de milímetros simplifica cálculos e conversões, pois é baseado no sistema decimal, tornando mais fácil trabalhar e entender. No geral, o uso mundial de milímetros destaca sua importância em várias indústrias e enfatiza sua significância na obtenção de medidas precisas e padronizadas.

Definição:

O milímetro é uma unidade de comprimento no sistema métrico, equivalente a um milésimo de um metro (a unidade base de comprimento do SI).

Um metro foi definido em 1983 pela 17ª conferência de pesos e medidas como "o comprimento do caminho percorrido pela luz no vácuo durante um intervalo de tempo de 1/299 792 458 de segundo" e o milímetro, por definição, é derivado como sendo 1/1000 desse valor.

Milímetros são uma unidade de medida comumente usada no sistema métrico para quantificar comprimentos e distâncias. O termo "milímetro" é derivado das palavras latinas "milli", significando milésimo, e "metrum", significando medida. Como o nome sugere, um milímetro é igual a milésimo de um metro, tornando-o uma unidade de medida muito pequena.

Para colocar o tamanho de um milímetro em perspectiva, ele é aproximadamente a espessura de um cartão de crédito ou o diâmetro de um clipe de papel padrão. Esta pequena unidade de medida permite medições precisas e detalhadas, tornando-se uma ferramenta essencial em várias indústrias.

Origem:

John Wilkins propôs pela primeira vez o comprimento de um "pêndulo de segundos" como uma medida universal - ou seja, uma medida que poderia ser realizada, para evitar uma definição em relação a uma unidade de referência armazenada. Ele pensou que um pêndulo que fizesse meia oscilação por segundo teria um comprimento fixo. Ele estava quase correto, mas mais tarde descobriu-se que há uma ligeira diferença nesse comprimento ao redor do mundo. Devido a essa variabilidade, a Academia de Ciências elaborou uma nova medida, igual a 1/10000000 da distância do Equador ao Polo Norte, medida ao longo do meridiano que passa por Paris. Essa medida foi usada para criar o metro protótipo internacional - uma barra de metal armazenada na sede do BIPM. Com o tempo, esse padrão foi abandonado em favor de medidas mais precisas - primeiro em 1960, a 11ª conferência de pesos e medidas definiu o metro como "1.650763,73 comprimentos de onda da linha de emissão laranja-vermelha de um átomo de criptônio-86 (em um vácuo)". Finalmente, em 1983, a 17ª conferência definiu o metro como "a distância percorrida pela luz em um vácuo em 1/299792458 de segundo", o que leva a uma definição de milímetro como a distância percorrida pela luz em um vácuo em 1/299792458000 de segundo.

A origem dos milímetros pode ser rastreada até o sistema métrico, que foi desenvolvido durante a Revolução Francesa no final do século XVIII. O sistema métrico foi criado para estabelecer um sistema de medição universal e baseado em decimal que seria fácil de usar e entender. O sistema foi destinado a substituir os vários sistemas de medição inconsistentes e complexos que estavam em uso na época.

O sistema métrico foi baseado no metro como a unidade fundamental de comprimento. O metro foi definido como um décimo milionésimo da distância do Polo Norte ao equador, passando por Paris. Essa definição forneceu um padrão consistente e mensurável para o comprimento. Para dividir ainda mais o metro em unidades menores, o sistema métrico introduziu o conceito de prefixos. O prefixo "mili-" foi derivado da palavra latina "mille", significando mil. Portanto, um milímetro é milésimo de um metro. Essa subdivisão permitiu medições mais precisas, especialmente nos campos científico e de engenharia.

Referências comuns:

Há 25,4 milímetros numa polegada.

A cabeça de um alfinete é de aproximadamente 2 mm de diâmetro.

Um CD tem uma espessura de aproximadamente 1,2 mm.

O modelo 00 de largura da bitola em modelismo mede 16,5 milímetros entre os trilhos.

O grau 1 da máquina de cortar o cabelo cortará o cabelo a, aproximadamente, 3 mm de comprimento (o grau 2 cortará a 6 mm, o grau 3 a 9 mm, etc.)

1 metre, 1000 mm

Uma folha de papel legal normal tem aproximadamente 0,1mm de espessura.

Um fio de cabelo humano fino tem aproximadamente 0,04mm de largura.

Um palito de fósforo médio tem aproximadamente 2mm de largura.

Uma pilha AA pode ter entre 49,2 e 50,5mm da extremidade plana até o final do botão da pilha.

Contexto de uso:

O milímetro, como parte do sistema métrico, é usado como uma medida de comprimento em todo o mundo. A exceção mais notável são os Estados Unidos, onde o sistema imperial ainda é utilizado na maioria dos casos.

 

Links populares